LED – A tecnologia que ajuda os bikers!

Bom dia!

Eu ando meio corrida e sem tempo para postar, o que é uma pena, por que eu tenho buscado muiiiito conteúdo, mas prometo que vou me organizar.

Faz um tempo que eu bato na tecla da segurança com a bicicleta, e o nosso maior problema é ser visto, não é?

O LED veio nos ajudar e muito com esse item, pois ele consome menos bateria e a sua luz é muito mais penetrante. Além disso, os chineses não param de inventar coisas bonitinhas para nos interessarmos ainda mais por essas coisas…

Desde que eu descobri esses de pneu, eu fiquei encantada! Mas confesso, tenho um pouco de receio de usar esses que chamam muita atenção, pois além de o carro te ver, o pessoal que quer uma bicicleta, mas não quer comprar, também vê, né?

Mas, olha que fofos *-*


Para quem quiser comprar, eu achei aqui.

Além de muitas corem em seu pneu (que na verdade é mais supérfulo, mas é lindo!), tem também os equipamentos de segurança diferentes, como esse, que marca o espaço à sua volta:

Tem também para o Capacete:

E por último, mas não menos importante, tem também a iluminação padrão da bicicleta, na frente e atrás:

E por que eu estou falando sobre isso e colocando link para compra?
Por que é muito caro comprar por aqui… Muito caro mesmo, então esperar 60 dias não é um problema! rs

Mas, o mais importante de tudo, é sermos VISTOS, por que para o carro é um arranhão na lataria, para nós, pode ser uma vida!

Boa pedalada!

Anúncios

Leis de Trânsito

Hoje achei muito importante lembrar quais são as leis de trânsito para os bikers, pois é realmente difícil saber quais são os nossos deveres e direitos como um veículo de tração humana!

Bem, segundo o CBT (Código Brasileiro de Trânsito):

BICICLETA – veículo de propulsão humana, dotado de duas rodas, não sendo, para efeito deste Código, similar à motocicleta, motoneta e ciclomotor.

Onde podemos circular?
Art. 58. Nas vias urbanas e nas rurais de pista dupla, a circulação de bicicletas deverá ocorrer, quando não houver ciclovia, ciclofaixa, ou acostamento, ou quando não for possível a utilização destes, nos bordos da pista de rolamento, no mesmo sentido de circulação regulamentado para a via, com preferência sobre os veículos automotores.

        Parágrafo único. A autoridade de trânsito com circunscrição sobre a via poderá autorizar a circulação de bicicletas no sentido contrário ao fluxo dos veículos automotores, desde que dotado o trecho com ciclofaixa.

        Art. 59. Desde que autorizado e devidamente sinalizado pelo órgão ou entidade com circunscrição sobre a via, será permitida a circulação de bicicletas nos passeios.

        Art. 60. As vias abertas à circulação, de acordo com sua utilização, classificam-se em:

        I – vias urbanas:

        a) via de trânsito rápido;

        b) via arterial;

        c) via coletora;

        d) via local;

        II – vias rurais:

        a) rodovias;

        b) estradas.

Além disso, temos obrigatoriedade em alguns equipamentos de segurança:
Art. 105
VI – para as bicicletas, a campainha, sinalização noturna dianteira, traseira, lateral e nos pedais, e espelho retrovisor do lado esquerdo.
Confesso que essa do retrovisor eu jurava que tinha caído, mas… Vamos providenciar!

E sobre nossos direitos:
Art. 201. Deixar de guardar a distância lateral de um metro e cinqüenta centímetros ao passar ou ultrapassar bicicleta:

        Infração – média;

        Penalidade – multa.
(Ia ter CET fazendo multa se levasse isso a sério!)

E lembrem-se, também temos deveres e podemos ser penalizados:
Art. 255. Conduzir bicicleta em passeios onde não seja permitida a circulação desta, ou de forma agressiva, em desacordo com o disposto no parágrafo único do art. 59:

        Infração – média;

        Penalidade – multa;

        Medida administrativa – remoção da bicicleta, mediante recibo para o pagamento da multa.

Bem, no CBT não fala sobre o capacete, que é senso comum nosso utilizá-lo.
Hoje eu personalizei o meu, com alguns adesivos fluorescentes! 😍

image

Fiquei apaixonada! Hahaha

É isso, até o próximo!